07/12/2010

Wikileaks e os cuidados com a comunicação empresarial

Um dos temas mais debatidos nos últimos dias é o site Wikileaks que vem divulgando documentos e informações, principalmente do governo americano, recebidas de colaboradores anônimos de várias partes do mundo, que “vazam” informações confidenciais a que tiveram acesso no desempenho de funções profissionais.

O Wikileaks (leaks = vazamento em inglês) é um site que se baseia no sistema wiki (do havaiano wiki-wiki = "rápido", "veloz", "célere"), cujo membro mais notório é o Wikipedia, uma enciclopédia multi-língue online livre colaborativa, escrita internacionalmente por várias pessoas comuns de diversas regiões do mundo, todas elas voluntárias. O governo americano tem atuado em 3 frentes para lidar com os danos ocasionados pelo Wikileaks: criar dificuldades logísticas e legais para o site e seu fundador, colocar panos quentes nos constrangimentos causados pela divulgação de opiniões internas americanas sobre diversos países e dirigentes, e por fim endurecer os procedimentos para evitar que novos vazamentos ocorram no futuro.

Enquanto se discute o caráter ilegal ou não da divulgação de informações confidenciais de governos ou corporações, nos cabe aqui aproveitar o momento e olhar para os protocolos desejáveis para comunicação que um profissional deve adotar no dia a dia de suas atribuições.

Em primeiro lugar deve-se zelar pelas informações que pertencem à empresa como um ativo que a ela, e somente a ela, pertence. Algumas empresas exigem a assinatura de contratos de confidencialidade a profissionais que têm acesso a informações importantes e estratégicas. Outras ainda recorrem a medidas judiciais contra ex-funcionários, mesmo que não tenham assinado contrato de confidencialidade, quando estes vão trabalhar para a concorrência e fornecem dados estratégicos. Tem-se notícia de que uma empresa financeira mexicana insere minúsculos chips sob a ele de funcionários para controlar o acesso a salas de dados e cofres.

Um dos controles mais simples a que diversas empresas têm recorrido, e que tem causado problemas a candidatos a recolocação, é o implante do que se chama “semente”, dentro do banco de dados com informações sobre clientes: a empresa cadastra um cliente fictício, com conta de e-mail disfarçada criada para aquele fim. Caso aquela conta de email receba alguma comunicação que não seja a da própria empresa, surge o alerta sobre o furto da base de dados e um averiguação sobre o remetente da mensagem. Participei de um processo de seleção em que o levantamento de um candidato junto a ex-empregadores apontou para uma séria desconfiança sobre o furto de dados pelo candidato, o que obviamente prejudicou-o no processo.

Em segundo lugar é importante o cuidado com o tom do texto adotado na troca de e-mails. Por ser uma comunicação fria e impessoal, apesar dos emoticons J e das interjeições de riso e humor (rssss!), dificilmente pode-se alcançar no texto de um email a mesma dimensão emocional alcançada por intermédio de uma conversa olho no olho. Atritos e mal entendidos podem ser facilmente criados ao se responder a assuntos delicados com um email. Na dúvida, quando lidamos com assuntos delicados ou sensíveis, pegue o telefone ou, se possível, converse pessoalmente com o interlocutor. A etiqueta para a escrita profissional também deve ser levada em conta. Evite escrever textos que falem mal de pessoas, clientes, chefes ou colegas. Uma regra de ouro que aprendi: nunca escreva em um e-mail algo que você não gostaria de ver publicado na primeira página do jornal interno da empresa.

Por fim é importante evitar participar e até mesmo alimentar o que costuma-se chamar nas empresas de “rádio-peão”. Este termo, de certa forma até pejorativo, define como rumores e boatos se espalham pela organização, como fogo em palha, causando desconforto e desconfiança entre funcionários e interferindo no ânimo e motivação para o trabalho. Sei que é difícil não ouvir ou não participar deste tipo de conversa. Evite ser um dos retransmissores que alimentam a cadeia de informações. Em caso de dúvida, o melhor é recorrer ao superior imediato como forma de obter a versão oficial dos fatos que estão sendo comentados.

Entender a importância e os cuidados que devemos adotar com dados e com a comunicação empresarial é um grande passo para evitar algumas armadilhas do mundo corporativo. Felizmente não estamos em palpos de aranha como Julian Assange, o fundador do Wikileaks que tem a Interpol e o governo dos EUA no seu encalço. Porém respeitar as regras aqui descritas contribui para um bom desenvolvimento de nossas carreiras profissionais.

Veja seleções abertas e notícias sobre desenvolvimento de carreiras no UOL Empregos. Clique
aqui


Ver mensagens anteriores: 28/04/2013 a 04/05/2013 10/03/2013 a 16/03/2013 24/02/2013 a 02/03/2013 23/12/2012 a 29/12/2012 18/11/2012 a 24/11/2012 30/09/2012 a 06/10/2012 12/08/2012 a 18/08/2012 24/06/2012 a 30/06/2012 27/05/2012 a 02/06/2012 06/05/2012 a 12/05/2012 22/04/2012 a 28/04/2012 08/04/2012 a 14/04/2012 18/03/2012 a 24/03/2012 11/03/2012 a 17/03/2012 19/02/2012 a 25/02/2012 05/02/2012 a 11/02/2012 22/01/2012 a 28/01/2012 01/01/2012 a 07/01/2012 11/12/2011 a 17/12/2011 06/11/2011 a 12/11/2011 30/10/2011 a 05/11/2011 02/10/2011 a 08/10/2011 18/09/2011 a 24/09/2011 21/08/2011 a 27/08/2011 07/08/2011 a 13/08/2011 17/07/2011 a 23/07/2011 26/06/2011 a 02/07/2011 19/06/2011 a 25/06/2011 22/05/2011 a 28/05/2011 08/05/2011 a 14/05/2011 01/05/2011 a 07/05/2011 24/04/2011 a 30/04/2011 10/04/2011 a 16/04/2011 20/03/2011 a 26/03/2011 13/03/2011 a 19/03/2011 27/02/2011 a 05/03/2011 20/02/2011 a 26/02/2011 12/12/2010 a 18/12/2010 05/12/2010 a 11/12/2010 28/11/2010 a 04/12/2010 21/11/2010 a 27/11/2010 14/11/2010 a 20/11/2010 07/11/2010 a 13/11/2010 08/08/2010 a 14/08/2010 27/06/2010 a 03/07/2010 09/05/2010 a 15/05/2010 11/04/2010 a 17/04/2010 28/03/2010 a 03/04/2010 28/02/2010 a 06/03/2010 21/02/2010 a 27/02/2010 07/02/2010 a 13/02/2010 31/01/2010 a 06/02/2010 24/01/2010 a 30/01/2010 17/01/2010 a 23/01/2010 10/01/2010 a 16/01/2010 20/12/2009 a 26/12/2009 29/11/2009 a 05/12/2009 22/11/2009 a 28/11/2009 15/11/2009 a 21/11/2009 08/11/2009 a 14/11/2009 01/11/2009 a 07/11/2009 25/10/2009 a 31/10/2009 18/10/2009 a 24/10/2009 11/10/2009 a 17/10/2009 04/10/2009 a 10/10/2009 27/09/2009 a 03/10/2009 20/09/2009 a 26/09/2009 13/09/2009 a 19/09/2009 30/08/2009 a 05/09/2009 23/08/2009 a 29/08/2009 16/08/2009 a 22/08/2009 09/08/2009 a 15/08/2009 02/08/2009 a 08/08/2009 26/07/2009 a 01/08/2009 19/07/2009 a 25/07/2009 12/07/2009 a 18/07/2009 05/07/2009 a 11/07/2009 28/06/2009 a 04/07/2009 14/06/2009 a 20/06/2009 07/06/2009 a 13/06/2009 31/05/2009 a 06/06/2009 24/05/2009 a 30/05/2009 17/05/2009 a 23/05/2009 10/05/2009 a 16/05/2009 03/05/2009 a 09/05/2009 26/04/2009 a 02/05/2009 19/04/2009 a 25/04/2009 12/04/2009 a 18/04/2009 05/04/2009 a 11/04/2009 29/03/2009 a 04/04/2009 22/03/2009 a 28/03/2009 15/03/2009 a 21/03/2009 08/03/2009 a 14/03/2009 01/03/2009 a 07/03/2009 22/02/2009 a 28/02/2009 15/02/2009 a 21/02/2009 08/02/2009 a 14/02/2009 01/02/2009 a 07/02/2009 25/01/2009 a 31/01/2009 18/01/2009 a 24/01/2009 11/01/2009 a 17/01/2009 04/01/2009 a 10/01/2009 28/12/2008 a 03/01/2009 21/12/2008 a 27/12/2008 14/12/2008 a 20/12/2008 07/12/2008 a 13/12/2008 30/11/2008 a 06/12/2008 09/11/2008 a 15/11/2008

Sobre o autor

Roberto Caldeira é adm. de empresas pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, com pós graduação em Novos Negócios pela Harvard Extension School. Executivo de sucesso das áreas de marketing e vendas, em empresas nacionais e multinacionais, contabiliza em 20 anos de atividade profissional no Brasil e no exterior, mais de 5.000 entrevistas a candidatos a vagas de emprego. Autor do livro "os Segredos do Entrevistador", com participação de Max Gehringer, com dicas sobre como se preparar para uma entrevista de emprego.

Sobre o blog

A experiência e a proximidade de Caldeira com candidatos, suas dúvidas, seus questionamentos e seu comportamento durante as entrevistas, estão traduzidos nesta orientação passo a passo na busca por um emprego, com inúmeras dicas e sugestões, de forma a transformar algo normalmente árduo e demorado em algo planejado, rápido e efetivo!

Busca

Histórico



UOL Blog

Acompanhe este
blog pelo Twitter


UOL Blog