05/03/2010

Produtividade e eficiência começam no recrutamento de profissionais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O blog Seu Próximo Emprego foi convidado para o evento de apresentação do novo Centro de Recrutamento do McDonald´s na America Latina. Fomos conferir de perto as novidades deste que é um dos maiores empregadores do Brasil. Após café da manhã no McCafé da avenida Paulista, seguiu-se visita para ver o que acontece por trás do balcão do restaurante, onde pessoal treinado e procedimentos impecáveis conduzem uma pequena indústria de produção de refeições. O controle de qualidade é notável: alimentos fora da geladeira por determinado tempo e não utilizados, ou sanduíches preparados e não consumidos após vinte minutos, são descartados. Uma curiosidade: o produto campeão de vendas em um restaurante McDonald´s? Acertou quem pensou em batatas fritas. Após a interessante visita ao interior do restaurante fomos até o novo centro de recrutamento que fica em um belo prédio de época na esquina das avenidas Ipiranga e São Luis, centro histórico de São Paulo. Antes da inauguração do centro, o desafio do McDonald´s era atender às centenas de candidatos que procuravam diretamente os restaurantes, onde preenchiam ficha, eram posteriormente convocados para uma entrevista no restaurante em outra data e caso contratados, saiam em busca de exames clínicos pré-admissionais. Era um processo cheio de idas e vindas, tanto por parte do candidato quanto dos recrutadores do escritório central. A proposta do novo centro é clara: simplificar e agilizar o processo para todos. Os interessados em participar do processo de seleção para trabalhar como atendentes em um restaurante da rede devem cadastrar-se pelo site do McDonald´s. O centro de recrutamento entra em contato com o candidato agendando data e hora. O candidato comparece ao local, que fica em região com ampla cobertura de transporte público, passa por entrevista, dinâmica, apresentação sobre a empresa, seus benefícios e plano de carreira. Os aprovados realizam uma parte dos exames clínicos no próprio local. Com isto economizam tempo e deslocamentos pela cidade. E o melhor de tudo: caso sejam aprovados, já saem com o emprego no próprio dia. Esta iniciativa foi importada de caso de sucesso do McDonald´s em Paris e será gradualmente ampliada no Brasil.
Fica ai o exemplo de como um idéia criativa, bem planejada e implantada pode facilitar a vida de todos os envolvidos: os funcionários, a empresa e por fim o próprio consumidor.

Veja seleções abertas e notícias sobre desenvolvimento de carreiras no UOL Empregos. Clique aqui

02/03/2010

Como lidar com chefes despóticos

A palavra déspota significa pessoa que abusa de sua autoridade, que oprime; tirano. Infelizmente para alguns profissionais esta palavra pode soar como sinônimo de chefe. Pois bem, as relações de trabalho vigentes no mundo capitalista atual pregam uma estrutura hierárquica em que grupos de pessoas são subordinadas a chefes, estes em tese com maior experiência e capacidade de liderança, talhados para conduzir o grupo aos resultados esperados. De outro lado as forças do mercado de trabalho atuam no mais puro conceito de mercado livre, cujos resultados são definidos pela oferta e pela demanda. De um lado empresas representado a demanda, procurando obter o melhor custo benefício possível, ou seja, contratar o melhor funcionário pelo pacote de benefícios que possa reter aquele talento ao custo mais em conta possível. Do outro lado funcionários representando a oferta de mão de obra, que aluga sua força de trabalho e capacidade de realização às empresas, em troca do melhor pacote de benefícios possível. Em uma economia em crescimento, com baixa taxa de desemprego, a quantidade de vagas de trabalho pode suplantar a quantidade de pessoas procurando emprego, o que significa o tão sonhado nirvana para um profissional: a possibilidade de escolher onde trabalhar, com facilidade. Infelizmente não é o que ocorre em países com alta taxa de desemprego, onde há mais trabalhadores do que vagas de emprego. Poucas vagas de trabalho significa em muitos casos sujeitar-se a vagas que não são exatamente o que o candidato gostaria. Atividades inadequadas, salário aquém do potencial e sujeitar-se a um ambiente de trabalho que pode não ser ideal. O profissional fica na empresa não por que se sente pleno e realizado, mas porque tem dificuldades em conseguir algo melhor. E é neste tipo de situação que pode surgir um chefe despótico. Com dificuldades ou incapacidade de enxergar um ser humano a ser motivado na sua frente, o déspota trata a todos de maneira autoritária, simplista e desrespeitosa, no melhor estilo capataz, só que com um açoite verbal. O subordinado sofre, sente-se menosprezado e receoso, porém tem dificuldades de conseguir outra vaga. E pancada após pancada continua na labuta, o que apenas reforça o comportamento do déspota. Como sair desta situação? Em primeiro lugar, existe um departamento de RH na empresa que possa ouvir suas colocações? Ir diretamente ao superior do superior é arriscado, mas também é uma alternativa caso se perceba que as atitudes do déspota não sejam do conhecimento da direção da empresa. Uma outra alternativa seria conversar com o próprio supervisor pedindo a ele uma avaliação de seu desempenho, pois você sente que seu trabalho esta aquém das expectativas e gostaria de melhorar. Caso estas alternativas para mudar o tipo de tratamento recebido não funcionem, só resta mesmo procurar outro emprego. E ai caímos novamente na questão da oferta e da demanda: em um mercado competitivo precisamos nos diferenciar como profissionais. O que pode nos tornar mais valiosos que os concorrentes? Que cursos, que experiências, que qualificações, que abordagem em meu CV pode me diferenciar dos demais? Descobrir ou criar este diferencial é fundamental para nos tornarmos profissionais cobiçados e mais propenso a escolher do que a ser escolhidos.

Veja seleções abertas e notícias sobre desenvolvimento de carreiras no UOL Empregos. Clique aqui


Ver mensagens anteriores: 28/04/2013 a 04/05/2013 10/03/2013 a 16/03/2013 24/02/2013 a 02/03/2013 23/12/2012 a 29/12/2012 18/11/2012 a 24/11/2012 30/09/2012 a 06/10/2012 12/08/2012 a 18/08/2012 24/06/2012 a 30/06/2012 27/05/2012 a 02/06/2012 06/05/2012 a 12/05/2012 22/04/2012 a 28/04/2012 08/04/2012 a 14/04/2012 18/03/2012 a 24/03/2012 11/03/2012 a 17/03/2012 19/02/2012 a 25/02/2012 05/02/2012 a 11/02/2012 22/01/2012 a 28/01/2012 01/01/2012 a 07/01/2012 11/12/2011 a 17/12/2011 06/11/2011 a 12/11/2011 30/10/2011 a 05/11/2011 02/10/2011 a 08/10/2011 18/09/2011 a 24/09/2011 21/08/2011 a 27/08/2011 07/08/2011 a 13/08/2011 17/07/2011 a 23/07/2011 26/06/2011 a 02/07/2011 19/06/2011 a 25/06/2011 22/05/2011 a 28/05/2011 08/05/2011 a 14/05/2011 01/05/2011 a 07/05/2011 24/04/2011 a 30/04/2011 10/04/2011 a 16/04/2011 20/03/2011 a 26/03/2011 13/03/2011 a 19/03/2011 27/02/2011 a 05/03/2011 20/02/2011 a 26/02/2011 12/12/2010 a 18/12/2010 05/12/2010 a 11/12/2010 28/11/2010 a 04/12/2010 21/11/2010 a 27/11/2010 14/11/2010 a 20/11/2010 07/11/2010 a 13/11/2010 08/08/2010 a 14/08/2010 27/06/2010 a 03/07/2010 09/05/2010 a 15/05/2010 11/04/2010 a 17/04/2010 28/03/2010 a 03/04/2010 28/02/2010 a 06/03/2010 21/02/2010 a 27/02/2010 07/02/2010 a 13/02/2010 31/01/2010 a 06/02/2010 24/01/2010 a 30/01/2010 17/01/2010 a 23/01/2010 10/01/2010 a 16/01/2010 20/12/2009 a 26/12/2009 29/11/2009 a 05/12/2009 22/11/2009 a 28/11/2009 15/11/2009 a 21/11/2009 08/11/2009 a 14/11/2009 01/11/2009 a 07/11/2009 25/10/2009 a 31/10/2009 18/10/2009 a 24/10/2009 11/10/2009 a 17/10/2009 04/10/2009 a 10/10/2009 27/09/2009 a 03/10/2009 20/09/2009 a 26/09/2009 13/09/2009 a 19/09/2009 30/08/2009 a 05/09/2009 23/08/2009 a 29/08/2009 16/08/2009 a 22/08/2009 09/08/2009 a 15/08/2009 02/08/2009 a 08/08/2009 26/07/2009 a 01/08/2009 19/07/2009 a 25/07/2009 12/07/2009 a 18/07/2009 05/07/2009 a 11/07/2009 28/06/2009 a 04/07/2009 14/06/2009 a 20/06/2009 07/06/2009 a 13/06/2009 31/05/2009 a 06/06/2009 24/05/2009 a 30/05/2009 17/05/2009 a 23/05/2009 10/05/2009 a 16/05/2009 03/05/2009 a 09/05/2009 26/04/2009 a 02/05/2009 19/04/2009 a 25/04/2009 12/04/2009 a 18/04/2009 05/04/2009 a 11/04/2009 29/03/2009 a 04/04/2009 22/03/2009 a 28/03/2009 15/03/2009 a 21/03/2009 08/03/2009 a 14/03/2009 01/03/2009 a 07/03/2009 22/02/2009 a 28/02/2009 15/02/2009 a 21/02/2009 08/02/2009 a 14/02/2009 01/02/2009 a 07/02/2009 25/01/2009 a 31/01/2009 18/01/2009 a 24/01/2009 11/01/2009 a 17/01/2009 04/01/2009 a 10/01/2009 28/12/2008 a 03/01/2009 21/12/2008 a 27/12/2008 14/12/2008 a 20/12/2008 07/12/2008 a 13/12/2008 30/11/2008 a 06/12/2008 09/11/2008 a 15/11/2008

Sobre o autor

Roberto Caldeira é adm. de empresas pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, com pós graduação em Novos Negócios pela Harvard Extension School. Executivo de sucesso das áreas de marketing e vendas, em empresas nacionais e multinacionais, contabiliza em 20 anos de atividade profissional no Brasil e no exterior, mais de 5.000 entrevistas a candidatos a vagas de emprego. Autor do livro "os Segredos do Entrevistador", com participação de Max Gehringer, com dicas sobre como se preparar para uma entrevista de emprego.

Sobre o blog

A experiência e a proximidade de Caldeira com candidatos, suas dúvidas, seus questionamentos e seu comportamento durante as entrevistas, estão traduzidos nesta orientação passo a passo na busca por um emprego, com inúmeras dicas e sugestões, de forma a transformar algo normalmente árduo e demorado em algo planejado, rápido e efetivo!

Busca

Histórico



UOL Blog

Acompanhe este
blog pelo Twitter


UOL Blog